Wednesday, March 23, 2016

Será....

Será que ainda me resta tempo contigo
ou já te levam balas de um qualquer inimigo
Será que soube dar-te tudo o que querias
ou deixei-me morrer lento no lento morrer dos dias
Será que fiz tudo o que podia fazer
ou fui mais um cobarde não quis ver sofrer
Será que lá longe ainda o céu é azul
ou já o negro cinzento confunde o norte com o sul
Será que a tua pele ainda é macia
ou é a mão que me treme sem ardor nem magia
Será que ainda te posso valer
ou já a noite descobre a dor que encobre o prazer
Será que é de febre este fogo
este grito cruel que da lebre faz lobo
Será que amanha ainda existe para ti
ou ao ver-te nos olhos te beijei e morri
Será que lá fora os carros passam ainda
ou estrelas caíram e qualquer sorte é bem vinda
Será que a cidade ainda está como dantes
ou cantam fantasmas e bailam gigantes
Será que o sol se põe do lado do mar
ou a luz que me agarra é sombra de luar
Será que as casas cantam e as pedras do chão
ou calou-se a montanha rendeu-se o vulcão
Será que sabes que hoje é domingo
ou os dias não passam são anjos caindo
Será que me consegues ouvir
ou é tempo que pedes quando tentas sorrir
Será que sabes que te trago na voz
que o teu mundo é o meu mundo e foi feito por nós
Será que te lembras da cor do olhar
quando juntos a noite não quer acabar
Será que sentes esta mão que te agarra
que te prende com a força do mar contra a barra
Será que consegues ouvir-me dizer
que te Amo tanto quanto outro dia qualquer
Eu sei que tu estarás sempre por mim
não há noite sem dia nem dia sem fim
Eu sei que me queres e me Amas também
me desejas agora como nunca ninguém
Não partas então não me deixes sozinho
vou beijar o teu chão e chorar o caminho.

Saturday, March 19, 2016

Life sucks!! As pessoas têm a tendência a dizer-te que não.. que é só uma fase..TOTAL BS!!!! 1º adolescência .. o mundo parece que está todo contra ti, na realidade só metade está. 2º pré-adulto... já tens um emprego (de merda) e tens a sensação que todos estão lá para te lixar! E estão! 3º adulto.. tens um emprego a sério... e realmente todos estão tão lá para te lixar!! E neste caso com F muito grande.. é mesmo cada um por si!! Não há amigos, não cofies em ninguém!! Ninguém merece a tua confiança!! Os teus segredos, as tuas ideias, nada!! Vives num perpétuo casulo .... Em que não podes partilhar nada com ninguém, não podes falar de nada com ninguém.. Small talk they say... 1 mês (ou mais) de baixa psiquiátrica é mais isso! Obrigam-te a fazer  coisas que nem sequer estão no teu contrato e alegam que é da tua área (quando realmente não fazem a mínima ideia qual é a tua área de trabalho/contrato), não és louvado nem apreciado por por fazer horas extras não pagas, por fazer trabalhos que não te competem, mas que fizeste de bom grado. Só pergunto para quê?? PARA QUÊ?? Alguém me explica? se calhar sou demasiado loira, burra ou boazona para entender...

Tuesday, November 12, 2013

O amor é assim mesmo

"Assim que se olharam, amaram-se; assim que se amaram, suspiraram; assim que suspiraram, perguntaram-se um ao outro o motivo; assim que descobriram o motivo, procuraram o remédio." William Shakespear

Wednesday, May 8, 2013

Fazes-me falta

Porque te escolho, neste sussurro sem retorno? Porque te quero no meu sono, se iluminaste sobretudo o que não fui? Morreste-me antes que eu morresse – e não consigo morrer sem ti. Nunca consegui. Todos os dias da minha vida estive contigo – como se todas as amizades anteriores fossem só o caminho para chegar a ti, como se todas as amizades posteriores fossem apenas a ausência de ti. Mais delicadas, mais ritmadas, mais claras – menos tu. Arrumei os amores, é a primeira regra da vida – saber arquivá-los, entendê-los, contá-los, esquecê-los. Mas ninguém nos diz como se sobrevive ao murchar de um sentimento que não murcha. A amizade só se perde por traição – como a pátria. Num campo de batalha, num terreno de operações. Não há explicações para o desaparecimento do desejo, última e única lição do mais extraordinário amor. Mas quando o amor nasce protegido da erosão do corpo, apenas perfume, contorno, coreografado em redor dos arco-íris dessa animada esperança a que chamamos alma – porque se esfuma? Como é que, de um dia para o outro, a tua voz deixou de me procurar, e eu deixei que a minha vida dispensasse o espelho da tua?

Saturday, December 13, 2008

Stil....

A hundred days had made me older since the last time that I saw your pretty face
A thousand lies had made me colder and I don’t think I can look at this the same
But all the miles had separate
They disappeared now when I’m dreaming of your face

I’m here without you baby but you’re still on my lonely mind
I think about you baby and I dream about you all the time
I’m here without you baby but you’re still with me in my dreams
And tonight it’s only you and me

The miles just keep rolling as the people leave their way to say hello
I've heard this life is overrated but I hope that it gets better as we go

I’m here without you baby but you’re still on my lonely mind
I think about you baby and I dream about you all the time
I’m here without you baby but you’re still with me in my dreams
And tonight boy it’s only you and me

Everything I know, and anywhere I go
it gets hard but it won’t take away my love
And when the last one falls, when it’s all said and done
it gets hard but it won’t take away my love
Oooooooh...
I’m here without you baby but you’re still on my lonely mind
I think about you baby and I dream about you all the time
I’m here without you baby but you’re still with me in my dreams
And tonight boy it’s only you and me

Friday, December 12, 2008

Nostalgia

Fuildo, o abandono do dia finda entre púrpuras exaustas. Ninguém me dirá quem sou, ou saberá quem fui. Desci da montanha ignorada ao vale que ignoraria, e meus passos foram, na tarde lenta, vestígios deixados nas clareiras da floresta.

Ninguém soube do último barco. No correio não havia noticia da carta que ninguém haveria de escrever. Tudo, porém era falso. Não contaram histórias que outros não houvessem contado, nem se sabe ao certo do que partiu outrora, na esperança do embarque falso, filho da bruma futura e da indecisão por vir. Tenho nome entre os que tardam, e esse nome é sombra como tudo.